Estabelecimento Prisional não traz mais valias a Izeda

A vila de Izeda não beneficia directamente ep_izedada localização do Estabelecimento Prisional, que para o ano completa 20 anos de funcionamento. A constatação é do autarca local, Luís Filipe Fernandes.

Ontem, durante a comemorações dos 25 anos de elevação a vila, o presidente da União de Freguesias de Izeda, Calvelhe e Paradinha Nova, sublinhou que existe uma fraca interligação entre os recursos humanos e a central de compras da instituição e a vila. “Aquilo que Izeda pensou, que o Estabelecimento Prisional iria trazer mais valias para aqui, não está a acontecer. Estão completamente isolados. As compras são feitas através da central de compras do estado, não compram nada em Izeda. A maioria das pessoas que ali trabalham mora em Bragança, cumpre o seu horário de trabalho e vai embora”, constata Luís Filipe Fernandes. Segundo o autarca, o Estabelecimento Prisional de Izeda dá emprego a mais de 400 pessoas. Durante o discurso das comemorações Luis Filipe Fernandes foi mais longe ao afirmar que Izeda corre o risco de vir a ter mais pessoas dentro do Estabelecimento Prisional do que fora. O autarca aproveitou a presença do presidente do Município de Bragança, Hernâni Dias, para reivindicar pedidos antigos mas que ainda não tiveram eco junto do executivo. A construção de um pavilhão desportivo e piscinas públicas e a requalificação da Estrada Municipal 540 que liga Izeda às restantes localidades da freguesia, foram alguns do pedidos. No entanto, o presidente do Município, Hernâni Dias mostrou-se relutante a estes investimentos, frisando que “o novo quadro comunitário privilegia o investimento na inovação das empresas e inovação, em detrimento de uma política de construção de novas infraestruturas”. Hernâni Dias frisa que é necessário garantir a fixação de empresas no concelho, de forma a evitar que mais jovens abandonem a sua terra natal em busca de oportunidades de emprego. Uma preocupação partilhada pelo autarca local. As comemorações dos 25 anos de elevação de Izeda a vila ficaram ainda marcadas pela inauguração do Parque Bio Saudável, um parque de lazer, equipado com máquinas de ginástica. Criado a pensar, sobretudo, na população mais idosa, o parque representa um investimento de cerca de 27 mil euros, comparticipados pelo Município de Bragança. A população de Izeda tem cerca de 1000 habitantes, que mais do que duplica com o regresso da população para as férias.

Escrito por Brigantia.

Leave a Reply